Zambelli vai denunciar nos EUA violação à liberdade de expressão

A deputada federal está com as contas suspensas nas redes sociais

A deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) | Foto: Divulgação/Agência Câmara

A deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) anunciou que vai denunciar as violações à liberdade de expressão que ocorrem no Brasil à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), em Washington, nos Estados Unidos. Zambelli, que, por ordem do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), está com as contas suspensas nas redes sociais, disse que fará a denúncia na terça-feira 8.

Em nota divulgada no domingo 6, ela disse: “Que o Brasil vive um processo de descumprimento de direitos humanos por vias institucionais corrompidas e aparelhadas”.

“Se você tiver sido censurado pelo Supremo Tribunal Federal, ou pelo TSE, por favor mande sua denúncia para a gente”, anunciou a parlamentar.

“A liberdade de expressão é um desses direitos adquiridos, e qualquer manifestação de ideias, seja por conversas privadas seja por debates públicos, deve ser permitida e não pode ser previamente censurada por nenhum órgão de Estado”, afirmou no comunicado.

“Eu sou a mulher mais votada do Brasil para o cargo de deputada federal e estou impedida de me comunicar com meus mais de 9,5 milhões de seguidores em sete redes sociais, o que configura claro ataque ao Estado Democrático de Direito”, completou, em seguida, acrescentando depois que vai entregar à CIDH documento com os relatos de casos ocorridos no país.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.