Vinda de coração de Dom Pedro I ao Brasil não tem vínculo político, afirma descendente

Deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança destaca a importância de resgatar o patrimônio histórico e cultural do país

coração de Dom Pedro I chega ao Brasil na manhã desta segunda-feira, 22, em função da comemoração do bicentenário da Independência do Brasil em 2022. Para falar sobre o assunto, o Jornal da Manhã, da Jovem Pan News, entrevistou o deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PL-SP), descendente do então regente. Segundo ele, a chegada do artefato não deve ser vista de forma política, mas como elemento importante na sinalização da importância do resgate e da manutenção da história e cultura brasileiras. “É muito especial esse dia, essa recepção. Vamos lembrar que isso é mais raro que passagem de cometa. Temos um evento histórico de mais de 200 anos, que se repete aqui uma vinda de uma relíquia que, pelos padrões europeus, isso é muito tradicional, é muito normal ter a ossada e o coração separados e também preservados. E, claro, toda uma visitação e uma conjuntura cultural e histórica preservada dentro do país. Agora, no contexto brasileiro, isso tudo infelizmente foi destruído. Nós perdemos um pouquinho a referência dos fundadores do Brasil, o que eles representavam, o que eles pensavam, o que almejavam para o Brasil. E é muito importante estar resgatando isso. Imagino que agora seja o início de um bonito e grande resgate para a população brasileira”, pontuou o deputado.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.