Lula faz aposta alta, coloca Dilma no centro da campanha e corre risco de ver antipetismo aflorar

No Vale do Anhangabaú, o candidato petista à Presidência comparou a aliada a Tiradentes, disse que povo já a ‘perdoou’ e voltou a chamar impeachment de ‘golpe’

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez neste sábado, 20, durante o lançamento oficial de sua candidatura, uma defesa enfática de sua correligionária Dilma Rousseff, que o sucedeu no Palácio do Planalto e se sentou na cadeira presidencial até sofrer impeachment, em 2016. No palco montado no Vale do Anhangabaú, o candidato petista à Presidência da República comparou a aliada a Tiradentes, disse que povo já a “perdoou” e voltou a afirmar que Dilma foi vítima de golpe quando teve seu governo interrompido por decisão do Congresso. “Eu queria agradecer o carinho com que vocês receberam da nossa presidenta Dilma. Porque normalmente, às vezes, a extrema direita condena um dos nossos, e muitas vezes nós acreditamos em parte da mentira contatada”, destacou Lula. “Inventaram uma mentira contra ela, inventaram uma pedalada. Imagina o que é uma pedalada da Dilma contra as motociatas que esse genocida faz hoje. Ela é reconhecida com o carinho que vocês a receberam. Eu queria te dizer, Dilma, que, embora você tinha sido vítima do Congresso nacional, o povo de São Paulo acaba de te absolver e dizer que você foi inocente, porque deram um golpe”, acrescentou.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.