Grupo ligado à Al-Qaeda sequestra hotel na Somália, dispara contra civis e deixa 13 mortos

Jihadistas do Al Shabab estão em guerra civil contra o governo somaliano há 15 anos

Pelo menos 13 pessoas morreram em um ataque do grupo islâmico Al Shabab a um hotel na capital da Somália, anunciaram forças de segurança neste sábado, 2o, enquanto continuam combatendo militantes entrincheirados no prédio. “Recebemos a informação de que a morte de mais cinco vítimas foi confirmada e o número total de civis mortos pelos terroristas agora é de 13”, disse o comandante Mohamed Abdikadir, que havia relatado anteriormente um saldo de oito mortos. Jihadistas do Al Shabab, um grupo ligado à Al-Qaeda, invadiram o popular hotel Hayat de Mogadíscio na noite de sexta-feira, 19, com tiros e explosões e estão entrincheirados lá desde então. “As forças de segurança resgataram dezenas de pessoas, incluindo crianças que ficaram presas no prédio”, disse Abdikadir. “A maioria das pessoas foi resgatada”, acrescentou.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.