Falcão revela que vai à Copa do Mundo do Catar ao lado do Luva de Pedreiro

Ídolo do futsal mundial também falou sobre a seleção brasileira, os principais adversários e os craques que podem decidir o torneio

Ex-jogador de futsal Falcão vai para a Copa do Mundo do Catar ao lado do influenciador digital Luva de Pedreiro

O ex-jogador de futsal Falcão revelou, em entrevista exclusiva ao site da Jovem Pan, que irá para Copa do Mundo do Catar ao lado do influenciador digital Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro. De acordo com o Rei do Futsal, eles irão produzir diversos conteúdos juntos para o canal do YouTube Falcão 12 e para as redes sociais do Luva. “Devemos ir juntos e terá bastante conteúdo com certeza”, comentou. No fim de junho, o ídolo do futsal brasileiro e do mundo fechou contrato para agenciar a carreira do influenciador. O anúncio foi feito por meio do Instagram do ex-jogador, após polêmicas de Iran com o ex-empresário Allan Jesus.

Em relação à Copa do Mundo, Falcão ressaltou que acredita na conquista do hexa da seleção brasileira. “A gente sabe que a Copa do Mundo sempre tem seis ou sete seleções com chance de ser campeã. E Copa é muito quem está bem naquele momento, quando as coisas estão dando certo. Joguei cinco Copas do Mundo pelo futsal e sei que como é, o quanto é difícil você colocar um favorito porque as coisas têm que acontecer naqueles 25 dias ali. Espero que neste ano penda para a seleção brasileira aqueles momentos em que a bola desvia e entra. Acho que o Brasil tem grande chance de ser campeão mundial”, frisou. Para ele, as seleções europeias, além da Argentina, serão as que darão mais trabalho. “InglaterraEspanhaFrança e Argentina são as favoritas pelos jogadores que têm, pelo histórico de seleção. Mas é como falei, o Brasil é uma das cinco e seis seleções com chances reais de vencer e tudo vai depender como será naquele momento”, opinou.

Questionado sobre quem irá comandar a seleção brasileira no torneio, Falcão enalteceu os jogadores mais novos e que têm brilhado nos times da Europa. Contudo,  disse que a experiência de alguns, como a do zagueiro Thiago Silva, será de extrema importância. “Hoje, o meio-campo para frente do Brasil tem muitas opções. Claro que a gente sempre fala do Neymar em primeiro lugar, mas acho que o Vinícius Júnior vem com muita força, o Antony é um cara que pode mudar muito os jogos, o Pedro pode ser um número 9 ali que difere de todo mundo. Mas, assim, falta também a experiência de quem já vestiu muitas vezes a camisa da seleção. Então, acho que essa mescla em muitos momentos vai ser positiva para o Brasil, porque são muitos estilos diferentes, e o Tite terá muitas opções para mudar o estilo de jogo”, completou.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.