Direita obtém resultado histórico nas eleições de Israel

Com o fim de uma breve coalizão de partidos da esquerda, Benjamin Netanyahu deve voltar ao poder

Os resultados preliminares indicam o retorno de Benjamin Netanyahu ao poder em Israel | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Os resultados preliminares das eleições realizadas em Israel indicam que os grandes vitoriosos são os partidos de direita e ultra ortodoxos.

Com uma votação histórica, o Sionismo Religioso deve conquistar 14 cadeiras no Parlamento, o dobro do que conquistou nas eleições anteriores e tornando-o uma força importante no possível novo governo Benjamin Netanyahu.

Ainda que os resultados finais só devam ser conhecidos na sexta-feira 4, com pouco mais de 90% das urnas apuradas, o bloco de Netanyahu caminha para ter uma maioria simples.

Até ontem, o Likud, partido do ex-premiê, tem 32 assentos no Knesset, o Parlamento Israelense, seguido pelo partido de centro-direita do atual premiê Yair Lapid, o Yesh Atidi, com 24.

Em terceiro lugar ficou o Sionismo Religioso, liderado por Itamar Ben-Gvir, com 14 assentos pela primeira vez na história. Acima do partido Unidade Nacional, do ex-premiê e ministro da Defesa, Benny Gantz, que deve obter 12 assentos e já anunciou que vai compor a oposição. Por fim, compondo o bloco com o Likud e que devem estar no governo: Shas, com 11, e United Torah Judaism, com oito.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.