Forças pró-Rússia libertam prisioneiro de guerra israelense capturado no leste da Ucrânia

Um prisioneiro de guerra israelense foi libertado por separatistas pró-Rússia na quinta-feira para a Rússia, onde deve ser autorizado a retornar a Israel.
Israeli-Ukrainian prisoner of War, Vladimir Kozlovsky, in a video released by the Luhansk Republic Military
(photo credit: Screenshot/Luhansk Republic Military)
Vladimir Kozlovsky, um cidadão israelense-ucraniano que foi feito prisioneiro de guerra por separatistas pró-Rússia no leste da Ucrânia, foi libertado na quinta-feira, segundo a mídia israelense.
O homem de 40 anos foi capturado pelo Exército da República de Luhansk depois que sua unidade estacionada no leste de Luhansk foi capturada por uma barragem de artilharia pesada russa.

Ele foi liberado pelo movimento separatista na quinta-feira para a Rússia, onde deve ser autorizado a retornar a Israel. Ele teria sido liberado aos cuidados da comunidade judaica na Rússia.

A mídia russa afirmou que Kozlovsky cooperou com eles em cativeiro e foi autorizado a observar sua religião judaica enquanto estava detido por forças pró-russas
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.