CIA interferiu nas eleições brasileiras, denuncia Fox News

Segundo o jornalista norte-americano Tucker Carlson, Biden pressionou Bolsonaro a ‘aceitar o resultado’ do pleito

Tucker Carlson é apresentador do programa Tucker Carlson Tonight | Foto: Gage Skidmore/Flickr

A Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos interferiu nas eleições brasileiras, segundo o jornalista Tucker Carlson, da Fox News. O âncora da emissora norte-americana acusa o presidente de seu país, Joe Biden, de pressionar o atual chefe do Executivo brasileiro, Jair Bolsonaro (PL), a reconhecer o resultado das eleições.

“O mesmo governo que está constantemente tagarelando sobre a santidade da democracia e das eleições livres e justas, na verdade, está interferindo nas eleições de outros países”, afirmou o jornalista, durante uma edição do programa Tucker Carlos Tonight. “Neste caso, nas eleições no Brasil, há mais de um ano.”

Carlson lembra que William Burns, diretor da CIA, pressionou Bolsonaro antes mesmo de as eleições serem concluídas. “Pense nisso por um minuto”, aconselhou. “Você não tem obrigação de aceitar o resultado de uma eleição injusta. Na verdade, se você acredita na democracia, você não deveria.”

Na segunda-feira 31, um dia depois do segundo turno, o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Ned Price, disse que “a votação reforça nossa confiança nas instituições democráticas do Brasil, que desempenhou seu papel constitucional com eleições justas e livres”.

Bolsonaro disse, em pronunciamento realizado em 1º de novembro, que continuará a respeitar a Constituição Federal de 1988. “Agradeço aos 58 milhões de brasileiros que votaram em mim”, salientou o presidente, no Palácio da Alvorada. “Os atuais movimentos populares são fruto de indignação e sentimento de injustiça de como se deu o processo eleitoral.”

O ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP), informou que o gabinete de transição será instalado a partir desta quinta-feira, 3. O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), confirmou que os trabalhos já começaram.

“Estamos satisfeitos em ver que o presidente Bolsonaro reconheceu os resultados da eleição e autorizou o início do processo de transição”, disse a porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.