Ben Stiller e Sean Penn estão proibidos de entrar na Rússia após prestarem apoio à Ucrânia

Ministério das Relações Exteriores de Moscou declarou que essa é uma resposta ‘às crescentes sanções contra cidadãos russos’ da gestão Biden

Ben Stiller e Sean Penn estiveram na Ucrânia durante a invasão russa

Os atores Ben Stiller e Sean Penn estão proibidos de entrar na Rússia, pois declararam apoio à Ucrânia na guerra. O país comandado por Vladimir Putin impôs sanções nesta segunda-feira, 5, contra 25 cidadãos dos Estados Unidos, incluindo os artistas. “Como resposta às crescentes sanções pessoais contra cidadãos russos pela gestão Joe Biden, uma proibição permanente de entrar na Federação Russa foi imposta contra membros do Congresso dos EUA, oficiais de alto escalão, empresários e figuras culturais”, declarou o Ministério das Relações Exteriores de Moscou, conforme divulgado pela Ansa. Tanto Ben quanto Sean não apenas deixaram claro que solidarizam com a Ucrânia, como também estiveram no país durante a invasão russa e, nas visitas, eles se encontraram com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky. Ainda de acordo com a Ansa, Sean chegou a considerar se unir à resistência ucraniana, pois está produzindo um documentário sobre a guerra no leste europeu. Essa não é a primeira vez que americanos sofrem com sanções russas. Em junho, outros 25 americanos, incluindo parentes do presidente Joe Biden, foram acusados pelo Kremlin de promover “russofobia”.

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.

Confira as notícias de hoje, fatos da política, economia e internacional, no maior Portal de Notícias do Brasil e do Mundo.